Página 1 de 12
1 2 3 12
A. H. Armstrong – Platão e platonismo

Categoria: A. H. Armstrong

  • steiros

    estéril So that “ receptacle ” and “ nurse ” are more proper terms for it [matter]; but “ mother ” is only used in a maimer of speaking, for matter itself brings forth nothing. But those people seem to call it “ mother ” who claim that the mother holds the position of matter…

  • pronoia

    gr. πρόνοια, prónoia: providência. Latim: Providentia. Primeiro sentido: previdência, previsão. Depois, essa palavra ganha o sentido de Providência divina, que prevê nossas ações e lhes dá socorro. [Gobry] Em Plotino, se estende a todo o universo, salvo os “mínimos detalhes” (smikrotata), resíduo de contingências de limites mal definidos. [Gandillac] prónoia: premeditação, providência. Nas duas obras…

  • phos

    (Armstrong Selection and Translation) [The One transcends even Noûs, and our soul is not satisfied till it reaches It; the attainment described as an illumination.] What then is better than this wisest life, without fault or mistake, and than Noûs which contains everything, than universal life and universal Noûs? If we say, ‘That which made…

  • kategoriai

    katêgoríai: acusações, predicações, categorias, praedicamenta, summa genera (scil. entis). Plural: kategoríai (hai). Latim: praedicamentum (plural: praedicamenta). Um dos modos do ser, uma maneira de ser do ser. Vem do verbo kategoréo, afirmo. Sorabji Aristotle’s Categories recognises ten categories of things: substance, quantity, relative, quality, acting, being acted on, position or posture, when, where, having on…

  • hen

    Do Uno, que não é abstração, mas realidade viva, isto é, Deus ou Absoluto, procedem, derivam, provêm todos os entes. E a primeira hipóstase [Em Plotino, hypostasis pode significar a) fundamento, suporte, substância; b) algo que existe à parte; c) pessoa.] ou Princípio supremo. Os entes, pois, existem, por participarem do Uno, que é simples,…

  • eudaimonia

    gr. εὐδαιμονία, eudaimonía: felicidade. A felicidade é o objetivo da sabedoria. O sábio é então eudaímon: feliz. Os pitagóricos, sob a influência da religião órfica, somam ao saber a felicidade pessoal; depois, Sócrates condena a curiosidade objetiva para substituí-la pela preocupação com a interioridade. Os dois autores que estabelecem os grandes sistemas de filosofia, Platão…

  • Dynamis

    Se o Uno ficasse recolhido num solipsismo total, nada existiria . Sua dynamis deu origem a tudo. Dynamis não tem o sentido de receptividade da potência aristotélica, mas significa capacidade de produzir [[En. III, 15, 33-35.]], de criar[[Ao invés de aporrein, que ocorre raramente nas Enéadas, Plotino emprega, com frequência, os verbos poiein, hyphistánai ou…

  • dialektike

    gr. διαλεκτική, dialektikê: dialética. A dialética é o meio, através do diálogo, de conhecer “o que é”. Enquanto conhecimento verdadeiro, que se distingue da ignorância como da opinião, ela é sinônimo de filosofia. [A description of the Platonic method of dialectic, followed by an insistence that it is not a mere science of propositions, but…

  • daimon

    gr. δαίμων, daímôn, daímon (ho), daimónion: presença ou entidade sobrenatural, em algum lugar entre um deus (theos) e um herói; espírito, “demônio”. Latim: daemon, genius. Espírito puro que não tem status de deus, ou é considerado um deus inferior. Outre les dieux visibles que sont les astres et dont tout le monde peut vérifier l’existence,…

  • anabasis

    gr. ἀνάβασις, anabasis = ascensão; analepsis = ascensão de Cristo. Este movimento da alma é uma conversão ou, mais literalmente, um “remontar” que se opõe à processão pela qual uma parte da alma “se torna” corpo, ou, melhor, está associada intimamente à organização do corpo vivo. A anabasis corresponde à anodos do livro VII da…