Categoria: Richard Sorabji

  • stasis

    gr. στάσις, stásis (he): repouso. Derivado do verbo gr. ἵστημι, hístemi / histemi: ponho, coloco. Esse termo indica imobilidade, permanência, continuidade. Opõe-se a kínesis / kinesis, movimento. Whether a person who has the greater virtues also has the lesser in actuality, or in another way, has to be studied case by case. Take practical wisdom:…

  • thelema

    The separation of the two subjects continues in later Platonists, although they develop one of the subjects. They pick up Plato’s term for freedom (adespoton), and integrate it much more fully with the ideas of responsibility and will, and Christians follow. The Middle Platonist Didaskalikos says that if virtue has no master (adespoton), it must…

  • ennoia

    gr. logoi, λόγοι, ennoia, ἔννοια, concepção, prólêpsis, prolepseis, πρόληψις, preconcepção, antecipação The Stoics define reason (logos) as a collection of concepts and preconceptions (ennoiai, prolepseis, Galen PHP 5.3 = SVF 2.841). Neoplatonists sometimes used the plural, logoi, which in its more general use means any kind of rational principle, for concepts, that had to be…

  • pronoia

    gr. πρόνοια, prónoia: providência. Latim: Providentia. Primeiro sentido: previdência, previsão. Depois, essa palavra ganha o sentido de Providência divina, que prevê nossas ações e lhes dá socorro. [Gobry] Em Plotino, se estende a todo o universo, salvo os “mínimos detalhes” (smikrotata), resíduo de contingências de limites mal definidos. [Gandillac] prónoia: premeditação, providência. Nas duas obras…

  • metabole

    gr. μεταβολή, metabolé (he): mudança, modificação, transformação. Latim: mutatio. Em filosofia, a metabolé distingue o ser sensível, fadado à mudança, do ser inteligível, perpetuamente o mesmo. Termo moderno de fisiologia: metabolismo, conjunto de transformações energéticas do organismo. gr. alloíôsis: mudança, mudança qualitativa, alteração. De állos / allos: outro. Uma das formas da mudança (metabole) em…

  • doxa

    gr. δόξα, dóxa: 1) opinião, 2) juízo. Segundo Jayme Paviani, é uma modalidade de conhecimento considerado inferior ou pseudo-conhecimento na perspectiva platônica. Para Fraile, as artes e as ciências que se ocupam do estudo da natureza, embora necessárias por sua utilidade para a vida prática, não passam da ordem da opinião (doxa), pois se “aplicam…

  • ochema

    A teoria neoplatônica do veículo okhema-pneuma é baseada nos escritos de Platão e suportada por aqueles de Aristóteles. O veículo pretende unir duas entidades diametralmente opostas: a alma incorpórea e o corpo corpóreo. E a solidariedade do tema astral do pneuma-ὅχημα neoplatônico com o psicológico do espírito fantástico está ainda muito viva em Dante, ao…

  • paschein

    gr. πάσχειν, páschein: sofrer, ser afetado, padecer. Aristóteles opõe ação e paixão desde o tratado Das categorias. Mas ele as designa com os infinitivos substantivados: tò poiein e tò páskhein, agir e sofrer (IX e X). Na Metafísica (A, 21), páthos costuma ser traduzido por afeição, ou seja, qualidade, estado que afeta uma substância. πάσχειν:…

  • horme

    gr. ὁρμή, hormé: impulso, apetite, tendência, pulsão. Definido como o primeiro movimento da alma, pode se opor à razão do hêgemonikón. As paixões são impulsões excessivas, violentas. Les termes grecs traduits par « tendance » et « désir » sont respectivement hormē̂i et oréxei (l. 2 et 3). L’ormḕ est un mot technique du stoïcisme.…

  • anamnesis

    gr. ἀνάμνησις, anámnêsis: memória, recordação, relembrança, re-visão; anámnesis (he): reminiscência, anamnese. Num famoso trecho do Mênon (82a-86c), Sócrates, interrogando habilmente um jovem escravo ignorante, consegue fazê-lo chegar ao princípio pitagórico da duplicação do quadrado. Conclui daí que “a verdade existe desde sempre em nossa alma” (86b). Finalmente, “todo saber é reminiscência” (81d); no Fédon (72e-78a),…