Página 1 de 10
1 2 3 10
Parmênides – Platão e platonismo

Tag: Parmênides

  • Parmênides e Heráclito

    Parmênides de Eleia introduz a maior revolução que se conhece na história do pensamento humano. Parmênides de Eleia leva a efeito a façanha maior que o pensamento ocidental europeu realizou em vinte e cinco séculos; tanto, que continuamos ainda hoje vivendo nos mesmos trilhos e caminhos filosóficos que foram abertos por Parmênides de Eleia, e…

  • Ser em Parmênides

    Este princípio, que descobre Parmênides e que os lógicos atuais chamam “princípio de identidade”, serviu-lhe de base para a sua construção metafísica. Parmênides diz: em virtude desse princípio de identidade (é claro que ele não o chamou assim; assim o denominaram muito depois os lógicos), em virtude do princípio de que o ser é, e…

  • Parmenide

    Filósofo grego nascido em Eleia (c. 540 — c. 450 a. C). Seu poema Da natureza, primeira teoria filosófica do ser que reivindica nossa cultura ocidental, une de maneira misteriosa a eternidade, a imutabilidade e a unidade do ser com a variedade da opinião humana. O poema foi recentemente traduzido e explicado pelo francês J.…

  • Parmênides 127d-130a — início do debate uno-múltiplo

    Carlos Alberto Nunes Terminada essa parte, Sócrates lhe pediu que relesse a primeira hipótese do primeiro argumento, depois do que se manifestou: Que queres dizer com isto, Zenão? Se os seres são múltiplos, por força terão de mostrar, a um só tempo, semelhanças e dissemelhanças, o que não é possível. Nem o semelhante pode ser…

  • Parmênides (130a-133a) – As Ideias

    Carlos Alberto Nunes Contou Pitodoro que durante toda essa fala de Sócrates, ele teve medo de que Parmênides e Zenão se agastassem a cada uma de suas objeções. Mas a verdade é que ambos o ouviram com a máxima atenção, e a todo instante, sorrindo, se entreolhavam, como que tomados de admiração diante de Sócrates.…

  • Parménide: Fragment 1

    Peter Kingsley The mares that carry me as far as longing can reach rode on, once they had come and fetched me onto the legendary road of the divinity that carries the man who knows through the vast and dark unknown. And on I was carried as the mares, aware just where to go, kept…

  • Kingsley: Poema de Parmênides – 4

    Resumo de KINGSLEY, Peter. Reality. Inverness: The Golden Sufi Center, 2003, p. 79-81. As palavras da deusa focam no essencial com precisão, são diretas como sempre, e, no entanto, evocam confusão. Porém, tudo que ela está descrevendo, o que lhe concerne realmente, é a abolição da separação. E note-se sempre de onde ela fala: o…

  • Kingsley: Poema de Parmênides – 3

    Resumo de KINGSLEY, Peter. Reality. Inverness: The Golden Sufi Center, 2003, p. 69-72. A tradução do fragmento 3 como “pois pensar e ser são um e o mesmo”, apresenta dificuldades. A começar por Parmênides, mais adiante no próprio poema, negar que pensar e ser sejam o mesmo. Ele explica em detalhe como um está relacionado…

  • Kingsley: Poema de Parmênides – 2

    Resumo de KINGSLEY, Peter. Reality. Inverness: The Golden Sufi Center, 2003, p. 60-63. Sem sentido é o que este fragmento soa. E sem sentido é o que ele é, porque nada há aqui que tenha que ver com nosso mundo familiar dos sentidos. O que Parmênides está dizendo vem de outro mundo. As pesquisas arqueológicas…

  • Poema de Parmênides – Fragmento 8

    EUDORO DE SOUSA 8. «Só resta falar de um caminho da inquirição: ‘o que é’. Neste há muitos sinais de que ‘o que é’ não foi gerado nem há-de perecer, pois aí está como um todo, único, inabalável, completo. Nunca ele foi nem será, porque é agora todo ele, um só, contínuo. Pois que origem…